quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Seguindo a vida

Ainda bem que consigo me apaixonar por projetos simples, porque por pessoas sou demais exigente. O soul me preenche a alma por enquanto. O novo friend não tinha graça nenhuma, acostumada que estou a tipos especiais como Cdd e Alpinista. O jeito é atrasar o primeiro cigarro do dia para ter aquela vertigem de nicotina. O "homem da criação" deve me aguardar em algum lugar over the rainbow - na voz de Aretha. É nos olhos dele que quero ser vista e me sentir especial. Ainda sinto que algo brilhante me espera e não quero me render por menos do que sinto merecer. Não deixar as coisas rolarem é um vício. Eu escolho, sempre. E tenho dúvidas de mim, sempre. Mais um não. Na semana passada outro não. Desculpas são cheiros. E o que pode ser mais forte do que isso?

Nenhum comentário: