terça-feira, 6 de outubro de 2009

Rebobinando

Ontem, cheguei na clínica de reabilitação babando. Literalmente. Salivando com a idéia de atacar um prato de croquetes ou batata frita. Quando a Margarida me atendeu e eu fui falar que tava difícil ficar só nos 2 cigarros por dia, comecei a chorar.
Comovida com meu sofrimento, ela me levou na Dra Sabrina, que viu os meus exames e me deu uma bronca por eu ter tentado queimar etapas me submetendo à este sacrifício sem estar preparada e medicada. Que o cigarro causa uma dependência química e que eu tenho que seguir o tratamento e respeitá-lo, vivenciando cada momento, aprendendo a ressignificar. Que a minha ansiedade em parar não estava ajudando em nada. Aceno a cabeça. Ela disse que era para eu continuar fumando até o dia D. Diminuir estava OK, mas deixar para parar só no dia D. Receitou a tal da Bupp e os adesivos de nicotina e disse que eu estava apoiada e que não precisava fazer nada sozinha, por minha própria conta. Se ela não torcesse a boca para baixo fazendo uma cara que parece de nojo enquanto fala das minhas fraquezas, eu ia ter tido vontade de dizer para ela que a amava.
Já estava me sentindo aliviada, respirando e feliz quando ela soltou a bomba. Não pode beber tomando a Bupp. Outro pesadelo. Fiquei imaginando o que faria no queijos e vinhos de sexta-feira. Como que esta Bruxa tem coragem de destruir o único fio de esperança que eu tinha? 4 kg de queijos franceses malocados na bagagem do Roberto e eu tomando suco de uva???? NÃO!!!!!! O mundo não pode ser um lugar tão cruel!!!!!!!!. Mas aí contei para a Margarida que isto estava me fazendo sofrer de novo e a santa disse, "mas nós podemos mudar o dia D. Se isto é muito difícil para você, que tal começar a tomar a Bupp dia 11 e passar o dia D para dia 17?" Minha vontade é me ajoelhar e beijar os seus pés...
Putz, encaixa direitinho. Dia 09 festa na casa do Roberto. Dia 10 aniversário do vovô em Angra, com direito a cervejinha e 3 cigarros... E o plano muda, não preciso mais ficar só nos insuportáveis 2 cigarros por dia. Volto para 3 até o dia D. Volto a ser feliz. o+*

Um comentário:

hellomotta disse...

Acho que preciso parar antes de chegar nesse nível.
Juro que sofri por você, lendo isso.

Tá quase justificável seu furo de ontem. Ouviu bem: quase!
;*