sábado, 16 de janeiro de 2010

Eu sempre quis o mar azul claro

Desde criança, o mar tem sido verde para mim. Apesar de morar no Rio, sou cria da Costa Verde, primeiro Itacuruça e depois, Angra. As praias da cidade do Rio nunca foram minhas, e até hoje, são tão lotadas, que me sinto como se estivesse num onibus. O pior, para mim, é ser obrigada a escutar a conversa dos vizinhos. Assim, nunca me apeguei a nenhuma praia carioca, e se me apegasse seria à Praia Vermelha. Gosto de praias assim, calmas e aconchegantes.
Mas sempre sonhei com um mar azul, transparente. Não entendia como naquelas ilhas limpíssimas, na baía de Angra, mesmo em praias desertas o mar continuava verde. Nunca azul ou verde azulado neon.
Bem, aqui em cima, ao norte da Capital, as praias tem tons azulados. A areia é branca. É muito incomum para mim. Ontem deu sol e fui na Ilha do Farol. É perfeita mesmo, vale a colocação entre as mais lindas do país. Este é um dos motivos por que escolhi ficar em Arraial ao invés de Buzios. É claro que não fui eu que tirei a foto do post. É claro que a bateria da maquina arriou ao chegar lá e é claro que este post está sem vontade de ser escrito. Mas é que um azul desses merece ficar registrado.
Bjomeliga, mas nao estranhe se eu não atender pois esqueci o celular no Rio.

Um comentário:

hellomotta disse...

não vou te ligar, mamãe desnaturada.
Eu aqui no rio, cheia das histórias pra contar.
Só preciso dizer uma coisa, "daquele" mal, eu tô curada! E tô mesmo!