quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Dispersos e repetitivos

Meu novo local de trabalho parece um deserto. Uma caixinha entre uma obra, um descampado e outros containners. Tão no fundo do grande fundo que chega até ser longe do ponto laranja. Tenho direito até a vaga de estacionamento na porta da sala e shiatsu na cadeira de trabalho. Como a vida é simples no interior! Me dá até vontade de andar de bicicleta...
***************
De Paraty eu trouxe um menisco estragado e 10 dias de licença médica. Só para eu descobrir que dor de joelho é dor de cotovelo exponencial
A bicicleta vai ter que esperar...
***************
http://www.movimentorosa.com/?pg=boneca
Resposta: Suzy (sic!)
Mas sendo honesta mesmo, foi a boneca que mais brinquei na minha vida. Será que a imagem dos brinquedos da infancia fica plasmada no cerébro? Então, também tenho uma bicicleta de plasma... mas eu queria mesmo uma dobrável para eu deixar na mala do carro.
****************
Minha vida financeira vai de mal a pior. E a culpa é da Hello que me apresentou o tal do peixe e outros congêneres. Chegou aviso do submarino dizendo que a bike está disponível para venda, custa só r$2500,00. Com este dinheiro, se eu tivesse, deixaria o Gaspar novinho.
Fato é que passaram as férias e eu não arrumei as coisas que precisava: Lataria, odômetro, trancas, ar condicionado, valvula termostática.
Tenho que parar de comer fora. Fato.
(E a bicicleta vai ter que esperar. Consequência.)
*****************
Aliás, "tenho que" tanta coisa. O curioso é que quanto mais coisas "tenho que", menos eu quero fazer. Não sei a quem a asterisquinha puxou com sua teimosia insuportável (!). Ou sei muito bem?;-)
Eu até cantei muito que disciplina é liberdade, mas não sei porque cargas dágua minha cabeça sabe coisas sempre diferentes do resto todo de mim. That´s my life.
Mas com minhas novas responsabilidade com a segurança dos demais, disciplina precisa ser um must have em todas as minhas células. Será que vou acabar na ritalina também? Prefiro Ioga.
*****************
São dicotomias curiosas estas que me paralisam:
Para concentração: remédio ou meditação?
Para emagrecer: balão ou dieta?
Para curar o joelho: fisioterapia ou cirurgia?
Para namorar: aventura ou estabilidade?
E passo tanto tempo em dúvida que a escolha acaba sendo feita por inércia...ou seja um corpo tende a permanecer no seu atual estado. Como não há nenhuma força externa me empurrando ou motivando, continuo aqui, de molho.
******************
Tá tá tá tá
Exagerei. Mas é assim mesmo que me sinto nestes dias de pernas para o alto e anti-inflamatório.
E, arredondando, é assim também que me sinto nesta fase de transição. Mudança.
Tarefa 01: desapego dEle.
Tarefa 02: enfrentar a dor deste fim sem disfarçar
Tarefa 03: cuidar do meu joelho
Mas, pensando melhor, o certo seria fazer a tarefa 03 primeiro; depois a 02 e aí a 01 seria consequência. Né?
Vai ter mania de arrumar desculpas para não fazer o que deve assim lá longe!!!!

9 comentários:

Edu disse...

Acho que você precisa de trufas. Lá em casa tem um poço...

hellomotta disse...

Se precisar de trufas, aqui tem aquelas da mãe da Carol.

Mulher Asterísco disse...

Aqui também tem. Em pouco tempo já descobri os fornecedores de trufas. Mas acho que o que eu preciso mesmo é ficar longe delas... Comida baiana toda terça-feira é um pecado. Viciei no mini-acarajé.

Renato Orlandi disse...

Hehehe aaah que bunitinha, é bem verdade que quanto mais temos que fazer algo mais queremos ou até acabamos fazendo, eu sou assim também, comece pelos joelhos, vai por mim, fisio é bem melhor rs, menos riscos, mas mto exercício, sobre a bicicleta UAU, é bem carinha né? Tem motor? rs... Por falar em carinha, sobre o carinha, gata, se ele fez seu joelho ficar assim esqueeeece ahaushuahsua, bjuuuuu! [lov RIO mens!!!] hahaha!

Paulo Braccini disse...

Trufas engorda e piora os joelhos ... vai de pão de queijo quentinho com café ... aqui tem ... obra das mãos de fada de minha marida qdo incorpora a "Tianastácia" ...

bjux e fica boa logo viu?

;-)

Rafa disse...

Por que a vida é tão cheia de paradoxos? Por que nos exige sempre e a cada dia mais e mais escolhas? Querida Mulher * canto Ossanha pra vc: vai, vai, vai... Força aí. Bj

AD disse...

o google tá dizendo que este blog pode comprometer a segurança do meu pc. Que negócio é esse?

Eu volto, eu volto...

Bjs!

Rodrigo Teixeira disse...

vem pro sul tomar chimarrão!
é diurético e mata a sede!

hahaha

Lord V. disse...

E passo tanto tempo em dúvida que a escolha acaba sendo feita por inércia...ou seja um corpo tende a permanecer no seu atual estado. Como não há nenhuma força externa me empurrando ou motivando, continuo aqui, de molho.
como assim colega, falando de mim?
kkkkkkkkkkkkkkkkk

abraços
voy