sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Fuck you


Fuck them all

Tem músicas que são chiclete. Não dá para parar de escutar. E de passar o dia cantarolando seu refrão. Melhor ainda é cantar bem alto. Por isso existem os shows. Eu já cantei muito "depois de 20 anos na escola, não é dificil aprender todas as manhãs do seu jogo sujo, não é assim que tem que ser". E eu gostava porque era a verdade: -Não é assim que tem que ser!

Depois de muitos anos, novamente uma musica me capturou incondicionalmente. É que eu não posso escutar esta música da Lily Allen, que reproduzo a letra abaixo, sem pensar que é isso o que eu queria estar dizendo para todos que defendem a propriedade privada de tudo, menos do que deveria ser um direito alienável dos seres humanos, o seu próprio corpo. Porque estes senhores, provavelmente de terno, que querem legislar que uma mulher não tem o direito de decidir se ela vai ou não interromper com uma gravidez que está acontecendo dentro do seu corpo. Assim como aqueles que não reconhecem o direito de homens e mulheres decidirem partilhar a intimidade do seu corpo com pessoas do mesmo sexo, estes senhores de terno são hipocritas. E suas esposas abortam em clinicas de luxo. Eu odeio o que eles fazem. Porque eles fazem isto e por tudo o mais. Para estes senhores de terno, eu gostaria de cantar bem alto:Fuck you

Lily Allen

Look inside
Look inside your tiny mind
Now look a bit harder
Cause we're so uninspired,
So sick and tired
Of all the hatred you harbour.

So you say
It's not OK to be gay
Well I think you're just evil
You're just some racist
Who can't tie my laces
Your point of view is medieval

Fuck you (fuck you)
Fuck you very, very much
Cause we hate what you do
And we hate your whole crew
So please don't stay in touch

Fuck you (fuck you)
Fuck you very, very much
Cause your words don't translate
And it's getting quite late
So please don't stay in touch

Do you get
Do you get a little kick out of
Being small-minded?
You want to be like your father,
His approval you're after
Well that's not how you find it.

Do you,
Do you really enjoy
Living a life that's so hateful?
Cause there's a hole where your soul should be
You're losing control of it
And it's really distasteful

Fuck you (fuck you)
Fuck you very, very much
Cause we hate what you do
And we hate your whole crew
So please don't stay in touch

Fuck you (fuck you)
Fuck you very, very much
Cause your words don't translate
And it's getting quite late
So please don't stay in touch

Fuck you, fuck you, fuck you
Fuck you, fuck you, fuck you
Fuck you

You say you think we need to go to war
Well you're already in one
Cause it's people like you
That need to get slew
No one wants your opinion

Fuck you (fuck you)
Fuck you very, very much
Cause we hate what you do
And we hate your whole crew
So please don't stay in touch

Fuck you (fuck you)
Fuck you very, very much
Cause your words don't translate
And it's getting quite late
So please don't stay in touch
Fuck you (fuck you)

Não consigo mais parar de cantar e fico cheia de vontade de dançar...
E, tem mais, fico imaginando a Dilma dizendo isso para Elles...
Quem sabe não está faltando só a gente começar?

14 comentários:

Eric Felipe disse...

"Look inside
Look inside your tiny mind
Now look a bit harder
Cause we're so uninspired,
So sick and tired
Of all the hatred you harbour."

A música é perfeita para essa situação atual nossa. A Lily é uma ótima compositora e sempre expressa brilhantemente algo notório em suas músicas, de uma forma excepcional!

Tô contigo nessa!
"ESTES SENHORES DE TERNO SÃO HIPÓCRITAS."

Beijãoo

Edu disse...

Fui dormir com essa música na cachola (e nem a escutei recentemente) e acordei com ela. Acho que foi vc que telepatou-me-lha! :-)

Renato Orlandi disse...

Adoro essa música, meu lado ativista tem orgasmos com ela rsrs.... sobre o aborto acredito que deve ser uma decisão da mãe mesmo, principalmente no começo da gravidez........ mas tb sou a favor de apoio social, educação, contracepção e serviço social que funcione no país.... bjuuu!

Gui disse...

Essa música é, sinceramente, uma das melhores composições da década.

Ela é fantástica. Bom saber que não sou só eu que fico tocado por ela.

Renato Hemesath disse...

Uma frase indiscutivelmente realista: "estes senhores de terno são hipocritas. E suas esposas abortam em clinicas de luxo".

Uma pena que a realidade não é tão clara para todos.

Um abraço!

Autor disse...

Fuck You pra mim é quase um mantra.
Nem sou lá muito fã da Lily Allen, mas essa musica é perfeita, não tem como não amar!

(quando é o próximo encontro pra bebermos rirmos e colecionar momentos vergonha alheia de mim mesmo? rs)

Rafa disse...

Eu a coheci num vídeo do youtube parece que era uma campanha contra-homofobia.. Quanto aos homens de terno: eles continuam dominando o mundo, mas nós mulheres, viados, pobres, putas.. vamos seguir chutando seus digníssimos sacos!

rs

Bj

phalla disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Lobo disse...

Engraçado que o ritmo da música é tão feliz, nem parece que é essa coisa tão libertadora né? XD

Mulher Asterísco disse...

Sabe Lobo, é isto que eu gosto mais: Porque o fato da musica ser suave e melódica reforça a idéia de que ninguem quer mesmo ouvir sua opinião (delles) nem para se estressar...

Pimenta disse...

Amo a musica.Quanto á politica, sinto muito, é escolha de Sofia.
bjo

Rodrigo Teixeira disse...

adoro!

Evelyne Freitas disse...

Não consigo imaginar a vida sem música. Excelente Post!

Bjo!

Autor disse...

Tô carente de posts nesse blog.
E tenho dito!