quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Triste

É melhor ser alegre que ser triste. Eu deveria estar alegre, então. Porque é melhor. Eu devo sempre fazer o que é o melhor. O que é certo. Mas vi você hoje. Tão perto teu cheiro e teu gosto e tão longe tua alma. Sinto saudades de tudo que eu queria viver com você. E tento fingir que não entendo que você não tem. Busco desculpas. Digo para mim mesma que você não assume seus sentimentos, que tem medo. Porque a verdade é que eu acredito no que quero e não na verdade. Eu não lembro de ter sido sempre assim. Não sei qual foi a pilula de pirlimpimpim que tomei e quando foi que comecei a acreditar nos meus desejos, mesmo se a realidade os contradiz. Esta semana percebi que faço isso sem perceber. E me estrepo, invariavelmente. E fiquei triste. Triste com a sina de Franklin, o pai de Kevin. Punido por arredondar a realidade, pois o seu desejo de felicidade era tão grande que ele forçava a visão para ver o que não existia ou deixar de ver o que mancharia sua idealização. Estou aqui me sentindo só. A euforia dos presentes de Natal passou e estou aqui só comigo. Só. Gosto de ficar sozinha, ter um tempo só para mim. Mas não é isto. Estou mesmo só. Muito só. Porque não tenho o teu amor. Amor.

12 comentários:

Pimenta disse...

...
bjo

Júlio César Vanelis disse...

Speachless... =/

Um beijo... Bom ano novo!!!

hellomotta disse...

Algo me dizia que não era um bom sinal.

Ana Wants Revenge disse...

Oi meninas, vim desejar feliz ano novo. :***

Mulher Asterisco, aproveite a virada do ano pra colocar aquele ditado do biscoito em pratica:
- vai 1 vem 8, lembra?

Nada de perder tempo e reciprocidade JÁ! :)

Beijo e continuo adorando o blog de vocês!
.
.
.
.

Paulo Braccini disse...

Querida amiga ... estar triste por momentos é algo inerente à vida, mas nada q o tempo não ajude a substituir por novas alegrias que, por sua vez, também passarão. Mas acreditar na vida e vivê-la plena e abundantemente é o foco q nunca podemos perder, não importa em q circunstâncias estejamos. Levanta a cabeça, sacode a poeira, e acredite em vc mesma ... a vida sempre nos sorri qdo assim o queremos ...

Beijo grande para vc, pra pequerrucha e para a Helô, que saibamos fazer o 2011 ser pleno e genial ...

felicidades ...

;-)

Caju disse...

Pasaando aqui pra desejar um excelente 2011! Saúde, sucesso e muita paz.

Bjos

Lobo disse...

É melhor ser alegre do que triste. Mas exige muito treino sublimar as coisas tristes e ficar feliz o tempo todo. Nem sempre a gente consegue. Mas a gente tenta.

Um beijo o+*! E um beijo pra Hello tb! Feliz ano novo pras duas! Tudo de bom!

Edu disse...

Bom, que seu 2011 seja supimpa, Linda! Será!! O resto é década passada. Beijo!

Rafa disse...

Querida, desejo só que a dor passe, a ferida cicatrize e que mesmo antes disso, você possa sorrir de algo simples, bobo e bom. A vida é isto não é? Sempre a possibilidade de se surpreender. Boas surpresas pra ti. Bj

Gui disse...

Ficar triste é tão fundamental quanto ficar alegre. É importante que também saibamos aceitar e viver nossa tristeza, ok?

Um milhão de beijos pra você.

PS: Tentei te ligar no réveillon algumas vezes, mas você não atendeu. Porque você me odeia? ¬¬'

Wans disse...

Que 2011 seja um poquinho melhor, né? E que vc tenha o amor sempre perto de ti para os momentos tristes serem menos tristes.

bjão! Desculpe a ausência.

Fred disse...

Tá. Não tem o amor dele. Mas se serve de console (!)... tem o meu!! Hehehehe!!!! Força na super peruca, MA!!!! Amo-te! Bjozzzzz!