terça-feira, 3 de maio de 2011

Execução

Eu, cada vez mais, acho o mundo um lugar muuuito esquisito...

O que leva milhares de pessoas a comemorar uma execução? Independente de as notícias serem verdadeiras, são elas que estão sendo comemoradas.

Definitivamente, não vejo nada de positivo no terrorismo - independente de sua coloração ideológica. É simplesmente abominavel. Nada justifica tirar a vida de trabalhadores e espalhar o medo entre cidadãos. Nada.

Mas não consigo deixar de achar estranha toda esta euforia. Por tudo que já aprendi, tiro na cabeça não é acidente, é execução. E, neste caso, a pena de morte foi decretada sem nenhum julgamento.
Como comemorar a vitória da civilização contra o terror, se um dos atos civilizatórios mais elevados, o direito de defesa, foi jogado fora?
Terror para combater terror é como apagar incendio com gasolina...
Então, aqueles que comemoram, são movidos pela vingança e não pela justiça. Ponto pra barbarie.

11 comentários:

Edu disse...

Não poderia estar mais de acordo contigo!

Mas mudando de assunto, se me permite: beijos, sua linda!

hellomotta disse...

O principal de tudo é que a morte do Osama simplesmente não teve nenhuma alteração na minha vida, fora o fato de ser obrigada a ler 395 "faceposts" não pertinentes a cada hora.
Pra mim, isso é golpe de marketing do governo americano. E só.
Não viu como o Obama tava todo saidinho noutro dia?

Andy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wans disse...

Certíssima! É estranho e bizarro. O ser-humano é bicho. Um dis todos estaremos nos engolindo. Verás.

E aí, mulher, terminou o 2º? Tô na 100.

bjão

Lobo disse...

Já eu, acho que o mundo está no limite do esquisito.

Nem sei se esquisito seria a palavra. Esquisito é leve. Caótico. Agora sim.

Não senti nenhuma simpatia por ele, mas também não entendo a comemoração pela sua morte. Ok, entendo sim, mas isso faz de mim um monstro? Sei lá, eu comemoraria se uma pessoa que eu quero muito que morra morresse...

Beijo O+*!

Daniel disse...

E se ele realmente usou a mulher como escudo, alg ome diz que atiraram mesmo assim. Pros americanos, ele está acima de qualquer barreira moral. Era matar ou matar.

AD disse...

até entendo a comemoração.

Autor disse...

Eu entendo, apesar de achar bizarro.
Mas o Osama era como o vilão que quer o fim da civilização ocidental. Num filme, sabemos sempre que o vilão deve morrer no final.
Para os americanos, a vida é um filme.
Pra mim, caguei e andei. Apesar de achar que as retaliações dessa morte ainda hão de repercutir muito.

Bjos

Fred disse...

?

Diego disse...

Também é digno de nota que não haja um corpo. Ou que ele seja tão rapidamente atirado ao mar.

Gui disse...

Acho que quando a morte de alguém é comemorada, tem que ver isso aí.