terça-feira, 5 de abril de 2011

Maratona de amigos

Depois de algum tempo sem nenhuma novidade, tenho uma bombástica: estou solteira.
Apesar de considerar uma informação não muito relevante pra ocasião, é melhor deixar claro pra evitar futuras surpresas (encontro de blogueiros, esbarrões em festas, etc).

Pra aproveitar a solteirice, nada melhor que... (errou quem pensou night!): Maratona com amigos.
Queríamos nos aproveitar com um final de semana cheio, repleto. De nós! Viajaríamos para nosso lugar-nada-secreto, mas acabamos no Rio.

Depois de uma humilde peça de 1º de Abril, Antártica com batata gordurosa e Samba e pagode com amigos HT (pasmem!), uma curta noite de sono foi descanso suficiente nossa maratona!
Além de amigos e filmes, o finde também foi repleto de degustação: Salada-com-tudo-dentro, pudim de chocolate, Strogonoff de frango e, claro, vinho branco para brindar!

É lógico que colocamos night na programação, mas devido a instabilidade climática do Rio de Janeiro, esta não foi realizada. Superamos com mais filmes! No total, cinco:

"A verdade Nua e Crua", "O Mistério das duas irmãs", "Amor por contrato", "Quanto dura o amor?" e "Twelve", por ordem de preferência.

O primeiro mostra a diferença entre as cabeças masculina e feminina. Nada que alguém não saiba mas que, as vezes, prefere acreditar na própria mentira. Pode até parecer meio clichê, mas não se engane, o filme é Sensacional. Já do Suspense, gostei muito, mesmo! O filme atrai, instiga e engana. Excelente. Amor por Contrato é um filme marketeiro mas, diferente das novelas da globo, é o marketing que enreda o drama e não o contrário. Além de divertidíssimo, dá pra tirar muito ensinamento de vida: Muito bom. Quanto dura o amor? tem esse título não sei porquê. Primeiro porque o filme não tem corrida de tempo, então, cronometrar como? Fora isso me surpreendeu. Sou suspeita a falar porque adoro um filme brasileiro. Esse, especificamente, adorei porque tem músicas gostosas, pegação tensa, conflitos reais e, lógico, fala - literalmente - a nossa lingua. Recomendo. Twelve, eu poderia me recusar a comentar sobre. A história pode até ter um tema interessante, mas conduzir tudo com narração é foda. Dormi várias vezes. Achei um pé no saco, mesmo não tendo um. Chato! Só vale a pena para ver Chace Crawford de cuequinha: ui!

Domingo foi o dia explanação em equipe: onde vários podres foram revelados ou relembrados. Choquei e fiquei chocada algumas vezes. Mas o que importa é que foi gostoso. Gostoso perceber que posso mostrar quem eu sou, o que eu fui e o que penso ser sem ser e ainda assim se sentir querida! Domingo também foi o fim da festa, e depois de dois dias intensos, deu pra sentir uma saudadezinha gostosa ao dormir!

Depois dessa resenha nada comum, aproveito para pedir desculpa aos amigos pelas ausência. Informo que estamos LONGE de cometer mais um blogcídio aqui - mesmo com os rumores de que eu tornaria-me uma Hellozangiefmotta - mas, tanto quanto estou regularizando minha presença fisica para os amigos de Real Life, tentarei regularizar a vida aqui em blogsville. Asterísco virá em seguida, já que eu me candidatei a ajudá-la em uma das missões que mais tomam seu tempo. Pra quem não sabe, a asterísco é mais multifuncional que os smartphones atuais. Haja fôlego!

Recado para M.A.: Prepare o fôlego e a agenda. Voltei pro CPS hoje, e vou te arrastar pra lá logo, logo!

Então é isso. Desculpem o texto corrido.

Beijos!
h'[m]

7 comentários:

Mulher Asterísco disse...

Isso aí, princeza! Seu lugar é brilhando cercada de amigos. benvinda de volta para você!

Mulher Asterísco disse...

*PRINCESA

Lobo disse...

Vamos transformar a palavra blogcídio em uma daquelas palavras-que-não-devem-ser-nominadas? Dá agonia só de ver o cortorno da palavra hahaha.

E vivam os amigos!

Beijo Hello!

Rodrigo disse...

twelve eu li o livro, e o filme não deixa a desejar.

bem vinda ao clube dos solteiros e maravilhosos!

Allan. disse...

eu amei o nosso final de semana!
tava precisando disso!
(L)!

Priscila Moraes disse...

O final de semana foi surpreende! Eu tinha esquecido o quanto era bom.

Acreditar na própria mentira é algo que demora um tempo para assimilar. oi? rs

Vamos fazer outras maratonas para não deixar o clubinho morrer.

ps: tb voltei com o meu blog. escrever algo diferente do meu cotidiano é uma maneira de extravasar.. =))

amei do começou ao fim s2

Gui disse...

Ahazou, linda! Te dizer que esse não apareceu no meu feed!

Enfim, adorei te ver ontem! Beijo enorme!