domingo, 28 de fevereiro de 2010

Tenda virtual da O+* - O estranho caso de Tilikum

Mulher Asterisco, o que levou a Baleia Tilikum a matar sua treinadora, no SeaWorld?

Querido consulente,

Tenho que confessar que, até hoje, meus conhecimentos da mente animal nunca foram testados, ao contrário do que se passa com os seres humanos, com relação aos quais nunca erro uma previsão. Mas isso não me impede de engatilhar a minha besta da verdade, acionar o Santo Google e dar início a uma pequena investigação para buscar as respostas da pergunta que me fizeste. Os resultados da investigação, relato aí embaixo:

Era uma vez uma reportagem na Folha de São Paulo. “Dan Brown, presidente da SeaWorld Orlando, afirmou aos meios de comunicação americanos que a vítima era "uma das mais experientes treinadoras de animais" e que ela "se afogou em um incidente com uma de nossas orcas" "Este é um momento extremamente difícil para os parques Seaworld", afirmou”.
Como, para a Mulher Asterísco não existem coincidências, fomos no facebook de Dan Brown procurar mais pistas. Foi lá que tudo ficou claro feito água sem poluição para O+*, porém, como alguns detalhes precisavam de mais esclarecimentos, pesquisamos até conseguirmos reproduzir os acontecimentos que levaram ao sinistro. E põe sinistro nisso.

Dan Brown, presidente do parque, nunca conseguiu viver de seu trabalho como escritor de livrinhos sobre conspirações (Fazer o que?Não é todo mundo que pode ter um blog de sucesso), então sempre teve que trabalhar de carteira assinada para pagar suas contas e a edição dos seus folhetins. Seu primeiro emprego foi em 1973 no Tivoli Parque, como apresentador do quadro: Konga, A mulher Gorila. Quem se lembra da sua voz gritando: Calma, Konga!?

O torrido affair entre Konga e Brown foi descoberto anos depois pelo marido dela, King, que, enfurecido, quebrou o parque todo, o que acabou levando ao fechamento do Tivoli Parque e deixando a Lagoa Rodrigo de Freitas sem um dos seus principais pontos turísticos.


Dan Brown, com medo da furia de King, simula um afogamento na Lagoa e foge do país. A exemplo de seus primos de Governador Valadares, foi tentar a vida na Florida. Em função de seu talento na exploração de mamíferos, consegue de cara um emprego no Sea World e ao longo destes anos, como não poderia ser diferente, consegue prosperar dentro do parque, chegando até sua presidência.
King e sua esposa acabaram se reconciliando e permaneceram no Rio de Janeiro, ambos desempregados. King nunca tinha trabalhado antes. Foi uma época muito difícil para os dois, na qual comeram o pão que o diabo amassou. Sem ter como sustentar seus filhos, acabaram vendendo os bebês. Mais tarde, descobriram que tinham sido adotados por Sigourney Weaver.

King nunca se conformou e, como bom cearense, jurou Dan Brown de vingança. Este desejo alimentou King, que começou a procurar emprego, se matriculou no MOVA e entrou num programa de inclusão digital da prefeitura. Foi aí que, um dia, navegando pela internet, King descobriu que Dan Brown continuava vivo, escrevendo romancezinhos de quinta categoria e trabalhando no Sea World. Neste dia, King deixa sua marca no Facebook de Brown.

King contrata um detetive que descobre que o insaciável Brown agora está de caso com a fêmea Shamu, casada. Esta informação inspira King no engendramento de seu plano de vingança.

O start no plano começa com um emprego na peixaria do Gomes (antes que me perguntem, não, não é o Gomes do angu, é o seu irmão gêmeo, Miguel). King trabalha de dia e continua estudando à noite. Após a conclusão do MBA de Cattering Internacional, King implanta uma nova área na empresa e assume a Gerência de Contratos de Exportação da peixaria do Gomes.
No MBA, King conquistou um Networking importante e não foi difícil para a peixaria ganhar vários contratos de fornecimento de peixes pelo mundo.
King, desde os tempos do Tivoli, não se afastou da Lagoa e eram os peixes de lá que usava para abastecer o mercado internacional, em especial, os parques da Flórida, entre eles, bingo, o SeaWorld. As engrenagens do plano de King já estavam em andamento.
Ainda no MBA, King tinha tido aulas sobre alimentação com especialistas renomados e já sabia que “determinados alimentos podem converter-se em drogas para a pessoa que os consome produzindo esta mesma reacção no sistema nervoso. Um psicólogo especialista no tratamento do comportamento destrutivo através da mudança nos hábitos alimentares, estudou como as alergias alimentares afectam o sistema nervoso causando uma reacção do cérebro com sintomas que pode variar desde a irritabilidade e cansaço até ao comportamento de carácter psicótico. “http://www.globalfitness.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=128&Itemid=38

Ao longo de anos, King alimentou os peixes da Lagoa com um alga tóxica, desenvolvida nos laboratórios do HAARP . 10 dias antes do dia D, aumentou a dosagem das algas.
No dia 22 de fevereiro embarcou para Miami com passaporte falso. Disfarçado de turista, King, enfrenta a fila do Seaworld no dia 24/02 pela manhã e passa na porta do frigorífico do parque onde vê, nos carrinhos que abastecem os aquários de peixes, o ambigrama que é a marca registrada da peixaria do Gomes, e, não coincidentemente, marca o signo do mês onde os fatídicos acontecimentos chegariam ao seu desfecho.

Ao olhar para o símbolo, King ri da ironia. Dan Brown será vítima de seu próprio veneno.
Ao chegar no aquário de Tilikum, King senta próximo ao assistente da treinadora e olha para dentro do baldes que alimentam a orca macho com a satisfação de reconhecer a marca amarela perto da cauda dos seus peixes cariocas.

King espera pacientemente a treinadora alimentar a sua arma mortífera. Não foi difícil para King se comunicar com a baleia preta e branca. Linguagem de animais nunca foi um problema para ele. King sabia que Tilikum estava casado com Shamu e jamais perdoaria uma traição. No link abaixo vocês podem escutar King contando para Tilikum sobre o romance entre Dan Brown e Shamu. O vídeo, foi gravado pelo próprio King, que o desliga assim que dá à Orca a ordem de matar. Se você não entender o que King diz, é só porque ainda não aprendeu a falar balêes com sotaque símio.
http://www.wesh.com/video/22671481/index.html/index.html

King não contava que a orca porém, tivesse sofrido uma lesão nos tímpanos, ao ser capturada aos 2 anos de idade e com isso tivesse ficado meio surda do ouvido direito. Por isso, ao invés de ouvir corretamente o nome do presidente do parque, que estava sentado na última coluna de cadeiras, Tilikum entendeu que o nome da pessoa que o traia era Dawn Brancheau(ao invés de Dan Brown). Por isso, na hora, acreditou que sua treinadora estivesse tendo um caso com sua namorada. Impregnando pelo veneno, seu corpo alimentado com toxinas psicóticas e sua mente alimentada pelo ciúme, Tilikum destroça Dawn na frente de todos, inclusive de King.
Dan se salva novamente.
Ao voltar para o Brasil, King percebe que nenhum plano perfeito é tão perfeito que não deixe pistas. Ao aumentar a quantidade de algas para potencializar o teor tóxico dos peixes que seriam enviados para o Seaworld, King acabou ultrapassando a tolerância dos peixinhos da Lagoa e criando um acidente ecológico que causou a morte de 80 toneladas de peixe e envenenou o ar do Rio de Janeiro por 3 semanas.
Sem poder cumprir os contratos internacionais em função da morte dos peixes da Lagoa, a peixaria do Gomes acabou falindo e King mais uma vez, enfrentou com o desemprego e a miséria, as conseqüências de tentar se vingar de Dan Brown. King é obrigado a admitir, Dan nasceu mesmo virado para a Lua e vai continuar comendo mamíferas pelo mundo a fora.

De forma que, querido consulente, Tilikum matou a treinadora apenas por causa de sua dieta* .... Ahhh, e claro, por causa do desejo de vingança dos animais...

Volte sempre!

Concentre-se e conte o seu problema:

*Eu conheço várias baleias que matariam por causa de dieta

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

pausa para o café

Hoje, olhando para ele enquanto ele falava, pensei, quem sou eu para este homem, meudeus?
O mesmo sorriso de canto de boca que me desarma, os mesmos óculos, o mesmo nariz de batata, a mesma sombra de barba cerrada e bem feita e os mesmos cabelos grisalhos. Tudo o que eu procurei, eu reconheci naquele rosto, naquele corpo, naquela voz. Se é o mesmo corpo porque não sinto que é familiar o homem que esta falando aqui na minha frente? Pânico. Ele não me reconhecia, tão pouco. Se não fosse um lugar público, eu teria dito me dá um abraço, fica tranquilo, sou eu, não tenha medo, vamos acabar com este mal-estar, você sabe que eu te conheço melhor do que você mesmo. Eu me acalmaria com isso. Mas eu não podia falar nada e ele não entendia os gritos no meu olhar. E, também, nem se deu ao trabalho. Mas ouviu. Tudo truncado. Entendeu "fica longe de mim, eu tenho medo de você". Eu queria retrucar. Mas eu precisava  também tomar um pouco de folego. Tentei ganhar tempo, fiz perguntas sobre o trabalho. Adoro quando ele fala do trabalho, ele é brilhante. Piorou. Como assim? Ele tem sete patentes e eu não sabia? Eu nunca me interessei? Que tipo de pessoa sou eu? Quem é este homem na minha frente? Porque não me parece um casal? E porque eu olho para ele e não me reconheço mais no desejo que vejo no olhar dele quando ele me olha? Quem sou eu para este homem, meudeus?

Virtual Life

Eu passo mais da metade do meu dia olhando pra uma tela de computador. Considerando que eu "perco" cerca de seis horas por dia dormindo, totalizando 18 horas "úteis" por dia, dá pra considerar que vivo até 75% da minha vida virtualmente.
No trabalho, são cerca de 7 horas diárias, que mesclam entre prazer, vício e obrigações. Alt-&-Tab reina por aqui o dia todo.
A saída é ter sempre alguma coisa pra compensar outra. E foi por isso que criamos esse blog: para compensar a estafa mental de tantos processos, dando uma liberdade de expressão ao cérebro, tão massacrado por aqui.

No início, eu queria um blog pop. Queria que todo mundo me lesse e pensasse: "gente, ela é assim?", porque tenho a plena noção que as pessoas têm uma visão completamente errada da minha pessoa. Exceto as que me lêem.
Alguns belos meses se passaram, e eu percebi que blog me traz auto-conhecimento. Me analisando por aqui mensalmente, eu percebo o quanto eu sou instável.
Tendo noção disso, eu consigo me controlar, me entender e me aceitar.

Mas não é só de mim-comigo-mesma nem de mim-com-a-asterisco que sobreviveu este blog. O vício me fez fuçar outros blog, entrar em outras vidas. Outras vidas trouxeram outras visões e outras verdades. Fiz vários amigos por aqui, e rendeu até um cinema com um deles - bem especial por sinal - que virou amigo de carne-e-osso, destransformando a virtualidade.

Li no O Globo Online, que a internet deixará as pessoas mais inteligentes. Será?
Bom, não sei se mais inteligentes, porque inteligência é dentro pra fora, o que acho que não tem muito a ver com tecnologia. Acredito sim que as pessoas possam ficar mais cultas, mais On Time.

Outro ponto que eu discordo com algumas pessoas, é quando dizem que a internet deixaria a pessoa mais "encasulada". Veja o meu caso: Por uma lista na internet conheci dezenas de pessoas com o gosto musical parecido em São Paulo, Recife, Bahia, Minas, etc. E tenho uns 5 ou 6 deles muito presentes até hoje.*
Pela internet descobri que sinto atração por meninas e foi só por este meio que consegui chegar até elas. Eu praticamente me descobri e me aceitei por aqui.

As febres mudam: ICQ, mIRC, MSN, Orkut, Twitter, e agora, o meu xodó, o Formspring. Confesso que me tem sido bem útil para fins de interesse pessoal, mas agora tô caindo nas graças da "amizade inesperada". Pergunta vai, pergunta vem e eu tô completamente viciada em saber mais daquelas pessoas que me rodeiam. Amigos, amigos de amigos... É uma bola de neve absurdamente viciante e eu, que quase não sou curiosa, tô bem feliz por poder desenvolver esse lado "explorador". A única coisa que não tô gostando nisso tudo, é que tem gente confundindo as bolas e metendo os pés pelas mãos.
É verdade que eu me interessei por uma pessoa, mas eu tô longe de estar dando mole pra uma, muito menos pra duas! Eu tô com preguiça de falar dessa história de noooooovo, mas resumindo: eu sou legal, não estou dando mole.
Quando eu quero uma coisa, eu costumo falar, e não deixar subentendido. Entendido?

Ah! E espero que os detetives de plantão tenham gostado do post. Tá cheio de informação pessoal. Enjoy it!


["Escrevo num diário mentiroso
e a indução carnal traduz o certo em virtual.
As cortinas da imaginação fugaz,
estão fechadas para nós com seus mistérios - Nada mais"]
Playmobille - As Pontes

h'[m]

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Tenda Virtual da O+* - Continuação do Caso do Ex Obsessivo

Socorro, Mulher Asterisco! É uma emergência! Sua profecia aconteceu e meu ex não só fuxica a minha vida virtual, como a de meus amigos virtuais. Estou com medo do que possa vir pela frente. Devo contratar um segurança particular?

Querida Consulente,

Realmente, em sua consulta anterior, percebemos a possibilidade de que a fixação do seu ex por você ultrapassasse o limite do bom senso.
Minha intuição me diz que seu ex só quer atenção e não sabe a hora certa de parar. Mantenha a postura de não conversar com ele, ignorar. E, em hipótese nenhuma, nenhuma mesmo, aceite arquivos enviados pela pessoa. Eles podem conter virus espiões de senha. Uma pessoa que fuxica orkut, blog, manda mensagens anônimas e coisas deste gênero, pode tornar sua vida virtual um inferno. Eu sei que é chato passar por isso. Muito chato. E não há outra saída além de insistir na indiferença para que a pessoa ENTENDA o recado. Este tipo de pessoa costuma demorar a entender e procura arrumar outras justificativas para não ver que está sendo cortada. Peciência, consulente, peciência.
Agora, se você tem um lado meio Whitney Houston ou Ana Maria Braga, um segurança particular pode dar um bom caldo... é um caso a se pensar. Eu penso.

Estou sempre aqui. Volte para acompanharmos se há algum desdobramento.

Dedos cruzados e boa sorte!

Concentre-se e conte o seu problema:

Que rei sou eu

Ao contrário da O+*, eu não sou uma superheroína com identidade secreta.
Metade dos leitores daqui sabe da minha existência, já me viu e até já me tocou. Tenho 25 anos, de tamanho GG, beirando os 1,76m por 70 e alguns kilos, bem acima da média do brasileiro.
Não posso dizer que sou frangote, porque os kilos citados acima variam - geralmente pra um pouco a mais - dependendo da minha atividade física. Quais? Pergunta difícil. Como boa geminiana, intercalo altos e baixos, esportes e movimentos de todos os tipos. Já fui tenista, marombeira, futebolista, nadadora... Agora, fico só no futebol 2 vezes por semana e academia alguns minutos por dias - sem contar as 2 ultimas semanas, que tô afastada por uma maldita torção na musculatura próxima a cervical, dorsal, ou algo do tipo.

Enfim, todo todo lenga-lenga acima foi só pra dizer que sou um mulherão - no sentido denotativo da palavra - tecnicamente ativa e saudável, e que hoje de manhã, todo esse conteúdo ficou desmilinguido perante um inseto. Comofás?
Bem na hora do meu sagrado banho matinal, uma maldita barata de 3 metros me apareceu no banheiro. Olhei pra ela, ela me olhou. Bem no estilo Kafka. Recoloquei minha roupa, sai de fininho e comecei a chamar o Motta pai.
Eu só sabia falar pra minha avó: "Olha o meu tamanho pro dela, vó. E olha o que ela faz comigo!", e ela, que completou 81 anos ontem, só sabia fazer rir e mandar enxotar a bicha pra lá. Gente, eu mandei ela sair umas 15 vezes e ela não me ouviu. Denovo: Comofás?
Quinze minutos se passaram até meu pai me atender e falar: "Você deve estar de sacanagem, né?". O pior é que não, Motta, eu realmente estava com pavor daquele bicho.
Perdi meu reinado por uma barata. Logo eu, que me considerava muito mais macho que muito homem...

Depois de uns 27 minutos, praticamente contados no relógio, de toda aquela correria de avó e pai atrás do bicho no banheiro, ela saiu pela janela. Respirei, contei até 10 e fui encarar o banho.
Lógico que não sou burra, e mantive os olhos bem abertos e a boca e as pernas bem fechadas. Afinal, não seria nada legal a barata reaparecer e entrar em algum buraco indevido. Certo?

h'[m]

formspring.me - O caso do ex que é gato

Encontrei um ex hoje, quem considerava amigo e vice versa ha muitos anos. Ele tava um gato e, pela primeira vez depois de muito tempo, senti atracao por ele (e acho que ele tb). O que faco?
Querida consulente,

Ex que são gatos são uma tentação mesmo, principalmente, ex que são ex há muito tempo.
A resposta já foi dada por você quando disse que sentiu atração. Da parte dele, é tiro e queda. Homens não desprezariam uma oportunidade de pegar uma ex-namorada. É como diz aquele ditado, ex-namorado(a) é que nem Mac Donalds, você sabe que não deve, mas come!
Sabe que não deve porque as chances de um futuro comum são muito raras, afinal, se terminou uma vez é porque algo não deu certo e as chances de isso se repetir é grande. Há excessões, mas só confirmam a regra. Porém, se não houver grandes expectativas românticas, a situação é altamente recomendável, pois o carinho e a curiosidade que já existem são excelentes estimulantes. De forma que a orientação da Mulher Asterísco é dar início a famosa "dança do acasalamento". Um (apenas um) sms ou telefonema dizendo que adorou revê-lo e que queria ver de novo pode dar o start na dança...depois, espere o retorno. Sem ansiedade. E não tire nenhuma conclusão se não houver um retorno imediato. No limite, o que não me parece o caso, se não houver nenhum retorno, não se incomode, apenas espere 2 meses e telefone para bater um papo e combinar uma nova saída.
Querida consulente, por favor, mantenha o foco e releia este conselho quantas vezes for necessário, pois é tudo muito simples e tranquilo!

Obrigada pela visita e volte sempre!
O+*

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Sugestão da Critica

Eu sei que eu não deveria acreditar no que a crítica diz, mas juntando o que a crítica e o que o boca-a-boca indica, separei 7 filmes pra ver. Listados em ordem alfabética:

O Amor Segundo B Schianberg - Brasil (2009)
Em um apartamento, ator e uma videoartista desenvolvem um jogo amoroso onde a arte e a paixão se misturam. O filme é inspirado no personagem Benjamim Schianberg, do livro "Eu receberia as piores noticias dos seus lindos lábios", de Marçal Aquino.

Ervas Daninhas - França (2009)
Baseado no romance “L’incident”, de Christian Gailly. Marguerite, uma dentista solteira, tem sua bolsa roubada. Seus documentos são encontrados por acaso por Georges, casado e pai de dois filhos.

A Fita Branca - Alemanha/Áustria/França/Itália (2009)
Às vésperas da Primeira Guerra Mundial, estranhos eventos perturbam a calma de uma pequena cidade na Alemanha. O longa, representante da Alemanha, recebeu o Globo de Ouro de melhor filme de língua estrangeira. Indicado a dois Oscars.

Julie & Julia - EUA (2009)
Baseado em história reais. Julie Powell (Amy Adams) é uma escritora frustrada, que trabalha em uma triste central de atendimentos. Às vésperas de completar 30 anos, Julie dá uma guinada em sua vida ao decidir escrever um blog sobre gastronomia.
A idéia era desenvolver, ao longo de 365 dias, as 524 receitas do livro de Julia Child (Meryl Streep), a cozinheira que ficou famosa nos anos 50 por desmistificar a culinária francesa para as americanas.
Seguindo à risca os conselhos de Child em seu livro "Mastering the art of french cooking", Julie conquista uma legião de seguidores em seu blog, intitulado "The Julie/Julia Project", que não demora a figurar na mída e lançá-la em uma editora.

Nova York, Eu te Amo - França/EUA (2009)
Reunindo um elenco estelar de Holywood em onze curtas, “Nova York, eu te amo” conta histórias de amor que se passam na cidade que nunca dorme. Nos moldes de “Paris, te amo”, o longa é um mosaico de olhares tecido por cineastas consagrados, como Fatih Akin, Yvan Attal, Allen Hughes, Shunji Iwai, Wen Jiang, Shekhar Kapur, Joshua Marston, Mira Nair, Brett Ratner, Andrei Zvyagintsev e pela diretora novata, a bela atriz Natalie Portman.

Preciosa - EUA (2009)
Claireece Jones Precious sofre privações inimagináveis em sua juventude. Abusada pela mãe, violentada por seu pai, ela cresce pobre, irritada, analfabeta, gorda, sem amor e geralmente passa despercebida.
Após muita luta, dor e impotência, Preciosa começa uma jornada que a levará ao um mundo de luz, amor e auto-determinação.

O Segredo Dos Seus Olhos - Argentina/Espanha (2009)
Após trabalhar a vida toda em uma corte penal da Argentina, Benjamin Espósito se aposenta. Seu tempo livre o permite realizar um sonho: escrever um romance. Para isso, ele toma como inspiração cenas trágicas que presenciou em sua vida profissional. Mas as lembranças que o levam de volta ao ano de 1974 o fazem retomar a investigação afim de solucionar o caso, até então arquivado. Indicado a um Oscar.


A meta é conseguir ver todos esses até sexta-feira que vem. Rolou até um plano furado de ver 3 deles, hoje, mas preferi dar uma bombada no trabalho além de não exigir muito do pescoço.
Pra quem se interessou em algum desses, please, companhias são sempre muito bem aceitas. Pra quem viu algum desses e não recomenda, favor informar e justificar.

E você: viu, quer ver ou não devo ver, e por quê?

h'[m]

Tenda Virtual da O+* - O caso do ex obsessivo

Meu ex diz por aí que não quer mais saber de mim, que não quer me ver nem pintada de ouro. Em contradição a isso, ele não para de me cercar, seguir e perseguir. O que devo fazer?

Querida Consulente,

Acho que já te vi em algum lugar, não?
Bem, mas vamos ao que interessa...Este é um sintoma típico de dor de cotovelo. A pessoa ainda não absorveu a perda e sente saudades, aí falar mal de você é uma forma de falar de você. E comentando de você com os outros, acaba tendo notícias suas, sabendo com quem você anda, onde você vai. Aposto que a pessoa também fuça seu orkut e sua vida virtual. Infelizmente, não há o que fazer. É dar tempo ao tempo. Se você for conversar com o seu ex, ele vai se sentir importante para você e vai alimentar as esperanças. Neste estágio, o que você tem a fazer é esperar a dor do pé-na-bunda passar e de forma nenhuma revidar. Se alguém vier te contar algo que a pessoa disse de você, apenas pergunte para o "fofoqueiro" se ele acredita nisso e dê de ombros. O tempo é um santo remédio, mas, por via das dúvidas, troque suas senhas na internet e instale um contador de visitantes para ver quem frequenta o seu blog. Se as visitas do ex não diminuirem com o tempo, volte aqui para uma nova consulta, pois reavaliaremos a situação.

Volte sempre!
O+*

Como a internet salvou minha vida

Cheguei em casa ontem e fui direto pro computador. Encontrei um prêmio: Uma notificação - aberta - de multa. Pela lógica, percebi logo que teria se tratado de uma indireta do meu pai, sagaz: "toma que o filho é seu". Só de olhar aquele papel, eu já sinto palpitações, afinal, gato escaldado...

Na fração de segundos que demorei entre ver e pegar a notificação, um filme se passou na minha cabeça: os filmes que eu deixaria de ver, as sobremesas que eu deixaria de comer ou, ainda, a festa que eu teria que deixar de ir para pagar os determinados reais. Com os pontos não me preocupei muito, na real, todas as minhas multas anteriores foram computadas no nome do meu pai. hahaha [risada sarcástica].
Enfim, peguei, abri. Data 17/01 - Hora: 20:36, Local: Rua Gomes Freire, perto de alguma praça da qual não lebro o nome.
Gelei. Perto da faculdade, num horário onde eu facilmente poderia estar indo pra alguma social, show, evento, ou o que quer que seja.
Continuei: Infração: I - em situação que não a de simples toque breve como advertência ao pedestre ou a condutores de outros veículos. OPA! Buzina? Porra, eu quase não buzino, detesto buzina.

Pensei, pensei. Primeiro me veio a revolta: "gente, eu não buzino, não discuto no trânsito! Como o policial vai provar isso? O Corno só pode ter ouvido e confundido os carros, só pode!"
Olhei, olhei, olhei. Fui averiguar: Dia da semana: Domingo. Enfim, eu sempre saio de carro fim de semana. Fudeu. Como provar que não fui eu? No blog tem algo? Não achei nada de muito relevante. Gmail?
Opa. Um e-mail do dia 17/01 me inscrevendo na lista de uma festa. BINGO!

Comecei a juntar as informações contidas no gmail, no blog e no bloco de notas mental: Dia 17 foi o dia da Heaven. Eu sai de casa domingo a tarde e não voltei antes de segunda a noite. Nessa hora eu abri um sorriso giga e pensei: "Ah há! Não fui eu, chupa essa manga!"
Na verdade, a primeira coisa que me veio na cabeça foi: "Ah, agora a Flávia pára com essa mania de sentar a mão na buzina que eu odeio." Mas depois eu lembrei: ela vai dizer que não foi ela, vai espernear, dar piti, chorar, e meu pai encobre ela. Meu lado Sherlock Holmes virtual não vai servir de nada?

Bom, pelo menos os R$ 53,20 não vão sair do meu bolso! ho-ho-ho

h'[m]

Eu que não fumo, queria um cigarro

Ontem, babei. 
Hoje está fazendo 4 meses que fumei o meu último cigarro. Sinto mais saudade do que no mês passado. 
Eu quase estrangulei o cara que estava sentado na mesa ao lado do bar, fumando. Tive ganas de pular no seu pescoço, tirar o cigarro da sua boca é gritar:
- O que você está pensando seu narigudo folgado?!!heimm?? Tá pensando que pode fumar na minha frente?? Pois eu vou te dizer: NÃO PODE!! Se eu não posso fumar, ninguém mais pode! Me dá ele aqui!
E neste momento eu daria aquele trago redentor que compensaria as semanas sem cigarro.  
Decidi olhar para o outro lado lado e mudar de assunto. Mas confesso, minha boca aguou. Diversas vezes, ontem. 
Talvez tenha sido um erro largar a medicação antes da alta. Eu tava tão segura que não iria mais voltar a fumar e que nem era tão dificil que achei que não precisava mais da BUP e do Niquitin. Agora tenho que me virar com estas crises de abstinência. Fato que algo está fora de lugar: não fumo, mas como. Até tento, em vão, não engordar tanto e dá-lhe chicletinhos sem açucar, frutas secas, barrinha de cereal, pedacinhos de creamcracker...O dia inteiro. Minha boca tá tão carente que precisa ficar mastigando sem parar. Eu escrevi "Boca Carente"?...nem digo o que pensei que ela deveria estar fazendo....mas enfim, fica pra outro post.
Meu corpo se revolta contra a Nova Ordem que escolhi para mim.  É uma briga difícil, são anos de licenciosidade com o prazer fácil, comida, bebida, fumo e devaneios, reagindo contra eu assumir a responsabilidade com o meu bem-estar e com quem eu quero ser. Quero ter diciplina. Mas é um quero estranho, porque quero, mas não quero, aí quero de novo, mas aí não fico com vontade de querer tanto assim ...e por aí vai. Eu queria que a analista dissesse uma palavra assim: você é assim por causa disto, vamos apertar estes parafusos aqui e daqui em diante vai funcionar. Mas nem assim....o que ela me disse, eu já me digo. Tudo. Seria melhor ir numa cartomante que mandasse eu acender 7 velas, uma de cada cor e tomar um banho com essência de canela. Ou então que me mandassem fazer um frango assado com farofa para colocar num  prato de barro e deixar ali na esquina. Eu preferia mesmo que houvesse uma troca de hábitos igual a troca de roupa da comissão de frente da Unidos da Tijuca. Eu queria um truque, um macete, um passe de mágica. Mas, já tô começando a aceitar que  é trabalho duro mesmo! Não existe atalho, vou ter que viver com a falta, a saudade e a frustração. Meu corpo é o campo da batalha.
Mas como não sou de ferro, consultei o Tarot on-line para me inspirar:

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Comentando as férias I

Se tem algo que eu fiz nas férias e fiz bem feito, foi ouvir música. ouve toda uma mescla de gostos musicais, puxando do antigo, pro novo até o recente. Descobri que minha loucura tem trilha sonora. Em itálico assim porque é trecho de uma música, especificamente uma das mais ouvidas na viage a Saquarema. Pra quem não conhece, gogleie "No Porn" que vocês vão achar um CSS kitsch.
Prazamegas que adoram uma zoação pré-night, "Baile de Peruas" não pode faltar. Já pros que gostam do bate-cabelo ou música, música, música, indico o Xingú.
Baixei o cd do No Porn e gostei. Mas deixo claro, MPB - Musica para Brincar.

Mas o achado do ano mesmo foi o CD do Playmobille, cuja banda já conhecia e gostava já faz um tempinho. O CD, um dos pouquíssimos que circulam por aí, consegui de presente do Gugu Peixoto, vocal da dita banda e integrante dos Varandistas, grupo de escritores e compositores que adoro.
Como consegui o feito? Simples: explanei em público meu lado fanzinha doPlaymobille durante um show na Urca, com participação deles. Acabei conhecendo pessoalmente os demais integrantes da banda e agora sou mais fã do que nunca!
Pelo site deles dá pra ouvir quase tudo, exceto duas músicas inéditas: "As Pontes" e "Um dia se fez mudo". A primeira é simplesmente perfeita. Não tenho como hospedar, mas achei um link que, aparentemente, dá nela. Tente aqui. Depois alguém me diz, por favor, se deu certo.
Já que o post tá todo cheio de link e informação, acabei de achar o link de venda do CD. \o/. Super Recomendo!

As outras pastas mais tocadas no Lobo Mau não são muito recentes: Cassia Éller - Acústico e Luciana Melo - Asim que se Faz. Esse último deu um certo trabalho. Estava a meeeeses procurando o cd - pra baixar e comprar - e só achei - pra baixar - faz algumas semanas. Aí, pra estragar o cd, na opinição de alguns, eu adicionei Fresno e Violins, além do No Porn. Pra fechar, MPB sem erro: Ana Carolina, Jay Vaquer e Maria Gadu.
Depois desse cd literalmente recheado, por que as pessoas não conseguem entender o porquê de eu estar praticamente morando no carro?

Lembrando que eu viciei to-do mun-do com Playmobille, alguém tem indicação de algum potencial novo vício?

ps.: Primeiro lado negativo de se voltar ao trabalho: controle do horário. Tenho 20 minutos pra almoçar!

ps2.: copiei a o+* e também tenho meu próprio formspring: http://www.formspring.me/femottta
h'[m]

Paranóia

Eu tenho um amigo que toda vez que recebe um e-mail com o assunto "enlarge your penis" sente um frio na barriga. Ele pensa...fui descoberto. Aí ele me liga, conta o que aconteceu e pergunta: - Você contou pra alguém? 
Eu: - Fica tranquilo isto é só um Spam! Eu tb recebo e nem tenho pênis.
Ele: - Mas será que não estão enviando para você porque você está insatisfeita?
Eu: -Não! E nem teria motivos para isso, é só um spam mesmo!
Ele: - Ufa! Beijos
Uma semana depois, ele me reencaminha um e-mail de um tal de "Best ED Meds" que tem um link http://77ea005e05b24f4.magnetabout.ru/. É claro que eu não clico no link e deleto o e-mail. Depois de uma hora ele liga: - Viu o e-mail que te mandei?
Eu: - Que e-mail? A piada do Joãozinho? Já conhecia...aliás, não fui eu que te mandei?
Ele: - Não. Esse não. Aquele outro. O dos remédios...
Eu: - Ah é! Não, não reparei...
Ele: - Você não clicou no link? Tem Cialis e Viagra em promoção...
Eu: - Affe! Você, definitivamente, não precisa disso . Porque se preocupa tanto? Tá tudo bem!
Ele: - Bem como?
Eu: - Bem, bem.  
Ele: - Seja mais clara.
Eu: -  VOCÊ NÃO TEM PAU PEQUENO NEM É BROCHA! 
Ele: - Ufa! Não sei o que seria de mim sem você. Beijos!

É claro que digo isso tudo para ele porque sou uma boa amiga (boa mesmo), porque lá no fundo, no fundo do fundo mesmo, eu bem que acho que tem uma equipe que trabalha num orgão secreto provavelmente chamado CISP*  que fica consultando o google buzz e descobre tudo sobre nós, nossos maiores medos e aflições.
Quer a prova? Então... hoje, eu estava distraída limpando minha caixa de e-mail quando chega uma mensagem nova. Vou lá ver o que é e... pimba. Dou de cara com a seguinte propaganda:



Na hora, olhei discretamente para o lado direito,  não vi ninguém. Esquerdo, também não. Atrás tá a Hellomotta, mas de costas para mim, e ela é de confiança. Me sentindo mais segura, comecei a ler o e-mail e já a pensar em como posso fazer meu pedido. 
Porque se conseguiram inventar um protetor contra surtos de excepcional qualidade para mim, é porque alguém já descobriu que estou a poucos metros de surtar e preferiu me prevenir do que me deixar enfrentar isso sozinha... Só não vou contar isso pra ninguém. Shhhh

* Central Internacional de Spams e Propagandas

Será que muda?

De volta a labuta depois de 27 dias fora. A ausência mais longa que já tive nesses cinco anos e meio de Adult Life. Confesso que gostei da brincadeira, apesar de já me considerar super preparada pra voltar.
Tudo bem que sequer abri a caixa de entrada pra ver as tarefas do dia, mas tô me limitando, por enquanto, a reabilitação notiana, alguns mil e-mails sem ler.
Ainda não consegui distinguir o que mudou ou não nesse mês. Notável mesmo, só os kilos a menos na balança, o que super deu um up na minha auto-estima. Aliás, já tenho uma, agora. Um belo avanço, não?
O que não mudou foi o nome que me ronda os sonhos e o meu nome na boca do sapo. O sapo mudou, o assunto não: minha própria vida afetiva. Devo estar dando audiência. Boninho perdeu uma bela Sister, diz aí?
O T não mudou. Mudou que ele agora é não mais solitário. Foi incrementado com um C. A letra não mudou, mas o nome...

Nesse "o que muda e o que não muda", quase mudei de casa. Passei cerca de 30% das férias no bairro carioca famoso por ser o mais quente da cidade: Bangu. Acha pouco? Então põe na balança que 55% das férias foram passadas na rua. Chupa essa manga!


Como nos velhos tempos, pra variar, o meu horóscopo sempre bate. Segue, para conhecimento.

Gêmeos - de 21/05 a 20/06 - regente: Mercúrio
Hoje, tudo parece funcionar bem. Nenhuma surpresa desagradável. Aliás, mudanças podem acontecer, mas no sentido de expandir seus horizontes, seja através de viagens, encontro com algum ensinamento que eleve o seu espírito ou simplesmente enxergar uma direção mais favorável na sua vida.


Bom, depois de tanto bla bla bla de coisas aleatórias e dez.necessárias, só me resta retornar aos meus afazeres e, logicamente, ao suporte de informática, porque não lembro a senha de programa algum, e já consegui bloquear dois deles por tentativas demasiadas. Acho Bafo!

h'[m]

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Fã- Clube

Spleen?


    O sono

Lá nos Maias , que acabou no carnaval - volto a isso em outro post, tinha uma Condessa de Gouvarinho que ao se definir como uma mulher não muito animada conta que os outros dizem que ela tem Spleen...
Hoje, sou assim, meio Blasé, meio Spleen, meio Macunaíma...
Meu mundo poderia ser uma cama, uma rede.
Seu ombro esquerdo poderia ser meu travesseiro
e o que queremos aconteceria doucement.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Galeria de imagens do desfile da Campeã Unidos da Tijuca

...
 o desfile da Unidos da Tijuca fala da identidade secreta de alguns super-herois... 
 
 
Paulo Barros concebeu o enredo antes da existência do Google Buzz, pois agora não há mais lugar no mundo para segredos...

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O braço do mouse

Eu esperava chegar aqui renovada,  descarregando as energias gastas no mar e carregando as novas na cachoeira. Mas um torcicolo crônico me pegou de jeito e meu pescoço e ombro direito não param de doer. Nada do que fiz melhorou a dor. Ao contrário, piorou.  Eu, que vejo sinais em tudo, já estou tentando interpretar o que meu corpo quer me dizer com isso. Fato é que a leitura mais óbvia seria a reclamação sobre o peso que carrega. Boato é que quero outra interpretação mais complexa. Não vou prosseguir para não mentir.
Seguindo a linha confissõesdecarnaval das redondezas,  adorei o desfile da Unidos da Tijuca com seus carros alegóricos incríveis e a comissão de Frente da Viradouro, o quarto de Frida Kahlo com direito a Trotski de cavanhaque e bengala. Mas odiei as fantasias e alegorias da Portela, plasticamente feias. É isso mesmo, eu vejo desfile de escola de samba na TV. E já até desfilei. Na histórica ala dos Mendigos  da  épica Beija-Flor no enredo Ratos e Urubus, Larguem a Minha Fantasia...
É, nesta época, eu estava em toda aglomeração humana que significava alguma coisa... uma história também pesa sobre meus ombros =/

Bjomeligaquetoprecisandodecarinho
o+*

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

O monstro que me habita

Depois de 4 ou 5 dias de sessão Dexter, terminei a primeira temporada. Nos primeiros capítulos me peguei assustada, com medo de mim mesma. Por que teria eu tanta semelhança com um psicopata, um serial killer?
Ao desenrolar dos episódios, fui identificando pequenos detalhes na personalidade que mostram que a semelhança é tão natural que é sutil. O que pode parecer um tanto cruel pra alguns, pra ele, nada mais é que a verdade. A sua verdade.
Tem tanta coisa sobre mim que eu escondo, como algumas mentiras que contei. Algumas que continuo contando. E nesse jogo de indas e vindas, me vejo cada dia mais cercado de gente. De gente que não me conhece.
Uma das poucas que me conhece a fio, está de férias de mim. Imagino que a essa hora ela esteja lendo algum livro a beira da piscina, com a caçula ao lado. E essa falta de terapia me trouxe uma reviravolta na cabeça. Quero mudar tudo.

Quero não precisar fingir ser boa anfitriã. Quero poder falar que não quero ir a farme sem medo de demonstrar a sociopata que sou. Tenho aversão a multidão, a essa diversão fake. A pessoas mal educadas.
Na verdade, tenho medo da minha reação com pessoas mal educadas e mal agradecidas. Eu tenho um lado amargo que quase ninguém vê e, nessas situações, ele fica na epiderme. Qualquer descuido pode ocasionar em um grande estrago.
Eu não quero pessoas por perto, hoje. Apesar de não parecer - e até de eu falar o contrário, de vez em quando - eu não tenho problemas em ficar sozinha. Muito pelo contrário: as vezes é preciso, como agora.

Mas fique tranquilo, senhor leitor. Apesar de todo esse desabafo, não se assuste. Eu não costumo fazer mal a ninguém, exceto a mim mesma.

A Luta

Eu convivo com meus medos e quase posso conviver bem com eles. O único medo que não consigo lidar é com aquele cheiro de 1,70m e ombros largos.
Mas como estou repaginando a casa e a vida, decidi que a partir de hoje, vou me limitar a querer o que eu posso querer. Aliás, não posso limitar o que eu posso querer, mas posso limitar o que eu posso buscar, o que quero correr atrás.
"Cheirar quem me cheira" é assim que vai ser daqui pra frente.
E será que já dá pra por em prática em pleno carnaval?

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Em ritmo de carnaval...

Me rendi ao Gato e à Vaca.
Presentinho de Mãe Dinah:

A personalidade e as cores
Dia do aniversário  Cores
23 de Dezembro => 1 de Janeiro VERMELHO
2 de Janeiro => 11 de Janeiro 11 LARANJA
12 de Janeiro => 24 de Janeiro AMARELO
25 de Janeiro => 3 de Fevereiro ROSA
4 de Fevereiro => 8 de Fevereiro AZUL
9 de Fevereiro   => 18 de Fevereiro VERDE
19 de Fevereiro => final de Fevereiro CASTANHO
1 de Março => 10 de Março AQUA
11 de Março => 20 de Março LIMA
21 de Março PRETO
22 de Março => 31 de Março PÚRPURA
1 de Abril => 10 de Abril INDIGO
11 de Abril=>20 de Abril PRATA
21 de Abril => 1 de Maio BRANCO
2 de Maio => 14 de Maio AZUL
15 de Maio => 24 de Maio DOURADO
25 de Maio => 3 de Junho AREIA
4 de Junho => 13 de Junho CINZA
14 de Junho => 23 de Junho MARRON
24 de Junho th CINZA
25 de Junho =>  4 de Julho VERMELHO
5 de Julho => 14 de Julho LARANJA
15 de Julho => 25 de Julho AMARELO
26 de Julho => 4 de Agosto ROSA
5 de Agosto =>  13 de Agosto AZUL
14 de Agosto => 23 de Agosto VERDE
24 de Agosto => 2 de Setembro CASTANHO
3 de Setembro => 12 de Setembro AQUA
13 de Setembro =>  22 de Setembro LIMA
23 de Setembro 23 AZEITONA
24 de Setembro =>  3 de Outubro PÚRPURA
4 de Outubro => 13 de Outubro INDIGO
14 de Outubro => 23 de Outubro PRATA
24 de Outubro => 11 de Novembro BRANCO
12 de Novembro => 21 de Novembro DOURADO
22 de Novembro => 1 de Dezembro AREIA
2 de Dezembro => 11 de Dezembro CINZA
12 de Dezembro => 21 de Dezembro MARRON
22 de Dezembro AZUL PETRÓLEO

 

Cores Significado
VERMELHO Tem uma maneira de ser meiga e afável. É alegre e despreocupada. Às vezes gosta de implicar mas está sempre apaixonada e... gosta de ser amada. É simpática com as pessoas e gosta dessa maneira de ser. Gosta de pessoas com quem consegue falar facilmente e sente-se bem na sua companhia.
LARANJA É responsável pelas suas ações e sabe como lidar com as pessoas. Tem sempre objetivos e é competitiva. No que toca à amizade, tem dificuldade em confiar em alguém, mas assim que trava a amizade certa entrega-se totalmente.
AMARELO É doce e inocente. As pessoas confiam em si e lidera as relações. Consegue ter a decisão certa na melhor altura. Está sempre a sonhar com uma relação muito romântica.
ROSA Está sempre a dar o melhor de si e gosta de ajudar as pessoas, preocupando-se com elas. Contudo, é difícil sentir-se satisfeita. Tem pensamentos negativos e, tal como nos contos de fadas, aspira por um amor romântico.
AZUL Espírito artístico, sofre de fraca auto-estima e se irrita facilmente. Gosta de sentir-se apaixonada, mas deixa fugir o amor, pois ama com a cabeça e não com o coração.
VERDE Tem fácilidade em tratar com as pessoas. Não é propriamente uma pessoa tímida mas às vezes magoa os outros com as suas palavras. Gosta de amar e de ter as atenções da pessoas amada. Muitas vezes fica sozinha, à espera da pessoa ideal.
CASTANHO Gosta de acção e desporto. As pessoas têm dificuldade em lidar consigo, mas apaixona-se facilmente. Assim que descobre que não consegue alcançar algo, desiste mas não fica preocupada.
AQUA Os seus sentimentos são instáveis e inconstantes. Está sempre sozinha e gosta de viajar. É uma pessoa confiável mas acredita facilmente nas pessoas. Dificilmente encontra a pessoa certa, mas se tal acontece apaixona-se facilmente. Pode sofrer com isso.  
LIMA É uma pessoa calma, mas facilmente fica com stress. É ciumenta e queixa-se de pequenas coisas. Não consegue dedicar-se às coisas de corpo e alma, mas é uma pessoa capaz em que os outros confiam.
PRETO É uma pessoa corajosa e gosta de desafios. Mas não gosta de mudanças na sua vida. Assim que toma uma decisão, mantem-na durante muito tempo. A sua vida amorosa é também estimulante e, de certo modo, original.
PÚRPURA É uma pessoa misteriosa. Nunca é egoísta e interessa-se facilmente pelas coisas. Os seus dias podem ser felizes ou tristes, dependendo do seu estado de espírito. É popular entre os amigos, mas tem por vezes atitudes impensadas e esquece as coisas com facilidade.
INDIGO É atraente e ama a sua vida. Sente a vida com intensidade e facilmente se distrai com isto ou aquilo. Quando se chateia com alguém, dificilmente esquece esse momento.
PRATA É uma pessoa imaginativa e tímida, mas gosta de novas experiências. Gosta também de propor desafios a si própria. Aprende com facilidade e gosta de atingir tudo o que é difícil. A sua vida amorosa é normalmente difícil e confusa.
BRANCO Tem sonhos e objetivos concretos na vida. É ciumenta e não reage às contrariedades com muita leveza. É uma pessoa diferente e, por vezes, as pessoas têm-na como um ser superior.
DOURADO Sabe muito bem o que está bem e o que está mal. É uma pessoa alegre mas de difícil trato. É para si difícil encontrar quem procura, mas assim que isso acontece não vai conseguir apaixonar-se outra vez durante muito tempo.
AREIA Tem um espírito desportivo e competitivo. Não gosta de perder, mas está sempre alegre. É uma pessoal fiável e de trato fácil. Escolhe o amor a dedo e não se apaixona com facilidade. Mas assim que encontra a pessoa certa, fica em estado de graça durante muito tempo.
CINZA É uma pessoa atraente e muito activa. Nunca esconde os sentimentos e exterioza tudo o que vai dentro de si. Mas às vezes é egoista. Quer dar nas vistas e não gosta de ser tratada com desigualdade. Consegue melhorar os dias dos outros, pois sabe bem o que dizer na altura certa e tem bom sentido de humor.
MARRON É inteligente e sabe o que está certo. Gosta de fazer as coisas à sua maneira, mas por vezes pode causar distúrbios e menosprezar a identidade dos outros. Mas, no que toca ao amor, é uma pessoa paciente. Assim que encontra uma pessoa que gosta é difícil encontrar outra que goste ainda mais.
AZEITONA Tem um temperamento quente e despreocupado. Dá-se bem com familiares e amigos. Não gosta de violência e sabe o que está certo. É gentil e alegre.
AZUL PETRÓLEO Tem muito cuidado com a aparência. É muito exigente no amor. Faz projetos e arranja soluções à medida e dificilmente comete um erro. Gosta de liderar e faz amizades com facilidade.