quarta-feira, 30 de maio de 2012

Os Anos que passam


Para quem não sabe, ontem foi meu aniversário, mas não teve festa. Reuni uns amigos para tomar um chopp e preencher o vazio que ficou pelo término de um relacionamento que faria 1 ano no próximo dia dos namorados. Seis dias se passaram e, lógico, ainda não foi o suficiente para essa dor passar.
Uns dias doem mais, outros menos. Mas dói. Nuns eu choro mais, noutros menos. Mas choro.

Seis únicos dias nos quais eu já fiz coisas que não queria fazer, deixei de fazer outras que eu queria e para algumas coisas eu ainda não faço idéia se quero ou não fazer.
Seis dias que fingi rir enquanto chorava, e que respondia "Tá tudo ótimo" quando queria dizer "Tá tudo uma merda!".

Seis dias que estiveram cercados de outros 345. Filmes se passam. Coisas que não fazem sentido. O continuista responsável pelo filme da minha vida deveria ser imediatamente expulso da academia. Proibido definitivamente de exercer essa função novamente.

Mas também foram seis dias que percebi estar cercada de muita gente querida. Queridas e valiosas.
Uma mão que se estende de onde eu menos esperava.
Amigos que reapareceram para mostrar que 1 mês ou 1 ano longe não fazem a menor diferença em uma verdadeira amizade.

Eu acabei de fazer 28 anos, mas foram os 6 últimos dias que me alertaram para todo o aprendizado e maturidade que eu não imaginava ter. E que me fazem assumir o que eu sempre soube mas tentava esconder: escrever é terapia para os dias não tão felizes.

Ainda bem que eu tenho aqui meu espaço. Aqui é minha casa.
Vida que segue. E recomeça.

Bom retorno para mim.

f'[m]

4 comentários:

E ヅ disse...

hello, motta!! :-) seja bem-vinda de volta.

Gato Van de Kamp disse...

Ai que, Bonita...

Sem muito a dizer, posso realmente parar aki... O que vc escreveu foi bonito, bem como asua dor,sua lucidez diante do sofrimento, seus 28 anos... Bonito de se ver...

Rafa disse...

Acho que crescer é isso: perceber que a gente sobrevive e acha belezas apesar da dor. Seja bem-vinda!

Bj

Mulher Asterísco disse...

hummm todo mundo merece alguém que vibre de alegria e tesão por estar do seu lado. Ninguém merece menos que isso. Muito menos a nossa favorita! Esta menina querida merece bem mais...será que ela sabe disso?
\o/ \o/ \o/ Todas no coro repetindo: Ela merece! Ela merece! Beijinho