quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Comunicação x Interpretação

Tenho encontrado muito em problema em me fazer clara. Além de perceber que eu sequer consigo pronunciar "Petrobras" sem me enrolar com a minha própria lingua, descobri que a lingua que falo é completamente diferente do mundo afora.
A o+* é uma que só queria falar comigo por meios escritos, já que entender algo que eu falo é realmente complicado, mas, agora, nem isso tá me salvando.
Escrevo uma mensagem pra primeira dama, e ela simplesmente entende algo absolutamente o contrário. Um texto que deveria ser fofo, aparece meio grosseiro. Faço uma piada, soa como agressão.
Um fala o que quer, outro entende o que dá na telha... Nisso, se passou um dia inteiro, cheio de alfinetadas pra lá e pra cá, e eu continuo sem entender que merda de hora é pra eu estar no xtudão.

Desculpa o mero desabafo.

h'[m]

8 comentários:

Paulo Braccini disse...

kkkkkkkkkkkkkk morro de ri com vcs duas ... vai pro XTUDÂO ... assenta lá e espera ela chegar ... rs

bjux

;-)

AD disse...

escrita no trampo deve ser simples e direta, mas sem perder a agradabilidade.

Rodrigo Teixeira disse...

mais direta do que simples, e depois pergunta: entendeu?

Edu disse...

O que eu não entendi foi: por que ninguém me convidou pra ir junto pro XTudão??

HSLO disse...

xiiii...que coisa viu.rsr

Paulo disse...

Hehe, bem vinda ao time! De uns tempos pra cá tudo que eu escrevo tentando ser fofo dá a impressão que estou pulando com uma espada pronto para fatiar quem está do outro lado!!!... (Ok, às vezes eu realmente estou!) :P

Mulher Asterísco disse...

O QUE É XTUDÃO?

Lord V. disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
isso me fez lembrar da propaganda do CCAA...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

abraços
voy