sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O Vento

Fui acordada no meio do meu sono. Dona Patroa passou uma mão por debaixo do meu pescoço, a outra tateou a cintura, e me puxou pra bem perto.
Isso fez o meu dia ficar melhor. Bem melhor aliás. Trouxe conforto o suficiente para ameninzar o desânimo de saber que vai demorar muito pra outros dias como hoje.
De férias na segunda, volto só depois do feriado, mas já sei o que vou encontrar: um buraco do lado, um silêncio maior que o tradicional.
Sem pensar muito no depois, estou contando os dias - sim, porque só entro de férias hoje na teoria, na prática, trabalho amanhã e domingo!

Meus finais de semanas estão todos quebrados, mas os dias da semana estão quase todos liberados. Torcendo pra namorada se dar férias e viajar comigo. Em todo o caso, aceito propostas para os dias livres.

Enquanto segunda não chega, continuo engolindo sapos e correndo atrás do tempo. Aliás, correndo na frente dele. E se ele me alcançar...

h'[m]

6 comentários:

Edu disse...

Vem pra Sampa!

Rafa disse...

Putz! Férias no Festival do Rio.. cinema na veia!! Bj

Paulo Braccini disse...

eita ... já cansei de engolir sapos ... agora só estou engolindo as cobras ... muito melhor ... sabe?!

bjux

;-)

Mulher Asterísco disse...

Engolir sapos? Hoje, na hora do almoço, eu vi você engolindo (depois de mastigar, é claro) um boi!!

Lobo Cinzento disse...

Ahauahauahua morri com o comment do Paulo!

Ah Férias... mal tive as minhas, e já quero novas... XD

Beijos Hello! Curte bastante!

Caju disse...

cheguei atrasado.
aguardando o retorno.
bjos