segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Jeito bom de se deixar viver

Acordei com cara de babaca hoje. Acordei bem comigo. Rindo de tudo. Apesar de atrasada e correndo atrás do ônibus. Retorno do Fernandes. Acordei acelerada. Acordei feliz.
E parece que isso chama mesmo bons fluídos. O dia mais produtivo dos dois últimos meses. As pessoas se chegam sem você precisar fazer nada. Sorria e as pessoas simplesmente sorrirão pra você.
E quer fazer meu dia render mais ainda? Elogio profissional. Mais cara de babaca. Mais felicidade e mais sorrisos de canto de boca. Intimidade com os amigos, lógico. Paz de espírito.

Me peguei apaixonada hoje. É bom se ver pensando em alguém. Ainda mais quando você não se cobra. Tô pensando com os meus botões, e só eles me interessam agora.
Nome que não sai da ponta da língua. Dormente pelo café quente de manhã. Ouvindo a música do Kiari, que o próprio me mandou o link. O que é bom, a gente divide. "Eu sou tão feliz, vamos dividir..." as músicas? ;]





Morram de inveja, eu estava lá. Mas não morra tanto assim, poderemos ir no próximo.

To aqui contando os minutos pro futzinho com as amigas. O papo prometido antes do treino. E as novas amizades que parecem estar pintando. Mais feliz ainda pelos novos amigos que estão se firmando. Pelo domingo perfeito com as amigas que quero pra sempre. Pela aula que vai render depois do lanche.
Feliz por mim, pela vida. E pelo meu pai, que apesar de viver me dando susto, é o cara que mais me faz feliz no mundo.

Quer felicidade? Vamos dividir. ;]

Um comentário:

Mulher disse...

MUITA SAÚDE PRO MOTTA!!!