quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

À espera do Lobo Mau

Falta menos de 24 horas pra eu pegar o meu próprio carro. A sensação é indescritível: eu lembro do primeiro dia que entrei na empresa, dos parabéns que recebi, de cada não que levei, e de cada usuário mal humorado que tive que atender.
Isso me orgulha muito de mim. Muito. Eu falo que tô feliz, que tô completa e acredito que ninguém consiga entender. Não é apenas a questão de um bem durável. É a realização de um sonho, aliás, que fora tantas vezes postergado.
Agora é real. Ele já tá ali na Abolição, quase aqui no encantado. E em encanto por encanto, encantada tô eu com tanta coisa boa que tem acontecido na minha vida.
Como é bom poder dividir tudo isso com meus amigos, minha família.

Tudo bem que aos 43 do segundo tempo, meus pais super estão me brochando. Primeiro o progenitor me informa que as 8h de amanhã eu tenho que fazer a vistoria do caso dele (nosso). Ahhh, cara! Amanhã, não! Amanhã é o dia do meu carro. Do meu lobo mau. O ruim é que ele, aliás, eles, já fizeram tanto por mim que eu não consigo chegar e falar pra ele que não quero ir.
Já minha mãe... depois de me ligar com um outro cliente do Robson super satisfeito e dando maior apoio pela minha compra, me ligou tem 10 minutos pra dizer que o carro fica horrível com o rack. Isso porque tô amenizando as palavras que ela usou.
Se ela não gosta, me deixa triste, mas ela não pode me brochar assim. Cara, o carro fica lindo, sportzinho, acho que tira até um pouco do ar "feminino demais" que o clio tem!
E eu, quase já com olhos cheios d'agua, recebo uma mensagem do Robson falando logo o contrário: o carro está especialmente lindo! Aí é que meus olhos encheram d'água mesmo!

Tô indo no Itaú agora pagar os dudas, e indo resolver um probleminha do branquinho.
Estou absurdamente feliz com tudo que tem acontecido na minha vida. E, claro, não poderia deixar de registrar isso aqui no blog, lugar em que contei tanto das minhas tristezas no ano passado.

[ "eu sou tão feliz, vamos dividir os sonhos...
que podem transformar o rumo da história
vem logo, Lobo Mau,
que o tempo voa como eu, quando penso em você!" ]
=)

h'[m]

2 comentários:

Mulher Asterísco disse...

A gente nunca espera que quem amamos não fique feliz só por estarmos felizes...um dos motivos do mundo ser um lugar esquisito é porque a gente só fica mesmo dentro da cabeça gente e só sente o que a gente sente...sabe se lá o que passou na cabeça deles?? heuehuehahuaha
Viva 2010!

Gato de Cheshire disse...

Adorei seu comentario lá no blog, mui pertinente, e fikei muito contente com o post, gosto de pessoas q se utilizam do blog para dividir alegrias tb, conheço um sem número de blogueiros que vivem chorando lamurias para com os seus leitores e qdo as coisas bacanas começam a acontecer somem, deixam o blog... Me sinto pessoalmente traido, embora saiba que a coisa n seja exatamente comigo!!!!