terça-feira, 8 de dezembro de 2009

A dessolução dos problemas

Parte dos problemas profissionais podem ser resolvidos se você conhece/sabe o que faz ou tem bom relacionamento interpessoal. Seja bom e simpático e arrume o dobro dos problemas.
Principalmente quando - pra toda e qualquer reunião - seu nome for sempre o primeiro da lista. Damn!

Mandei bem:
Depois daquela típica conversa de que não precisava de todo mundo ali, e que um só poderia ficar e representar a gerência, eu que, logicamente, gostaria de ser a primeira a ir embora, fiquei com a cadeira "restante".
- "Fernanda, você tá sentada no lugar certo, na cabeceira!"
- "Ela vai ficar com a conta!"
- "Normal, eu já vou pagar o pato mesmo!"

Essa reunião acabou com meu bom humor. Não deu tempo de ir pra cadimia. Só não destruiu porque terminou 4 horas antes do programado. Dos males, o menos pior.
Eu até gosto bastante dessa parte de responsabilidade social, mas quando você sabe que entra pra discutir coisas indiscutíveis, perde a graça.
Bom, vamo ver se, pelo menos, ela me rende alguns frutos.
h'[m]

3 comentários:

Mulher Asterísco disse...

dessolução?? Neologismo??
hauahauhauahau

hellomotta disse...

o blog é meu, a lingua é minha...


e você é ridícula 2 vezes!
hahaha

Mulher Asterísco disse...

2 votos

ridículo = que se presta à exploração do lado cômico...