segunda-feira, 23 de novembro de 2009

E junto com o Papai Noel... [1]

Quanto mais nos aproximamos do final de ano, mais aparecem coisas que me irritam. Odeio pseudo-espirito-natalino. Aquela coisa de que todo mundo perdoa todo mundo, todo mundo fala com todo mundo... Até o primeiro dia útil do ano seguinte.

Hoje me assustei ao deixar o carro pra fazer a "tosa". Nem chegamos no mês de Dezembro e hoje recebi o primeiro "convite" pra participar daquela nossa velha conhecida: a tal caixinha de final do ano.
Eu até entendo que exista 13º, e bla bla bla. Mas, pela lógica, todo mundo recebe 13º, não? Por que eu tenho que reforçar isso?
Acho que todo mundo deve pensar: "já que todo mundo tá com dinheiro no bolso, quero um pouco pra mim também", mas a verdade é que ninguem vai lá e larga umas moedinhas no meu porta-treco.
Eu não sou exatamente contra caixinhas. Só sou contra a pressão psicológica que nos fazem quanto a isso. Bom, eu sei que eu deixei claro pro menino: "Então capricha aí, né?" e ele respondeu com aquele habitual "Pode deixar". Vale só lembrar que da última vez que ele falou isso, eu cheguei lá perguntando: "tem certeza que você já lavou o carro?" ¬¬
Só sei que se eu chegar lá e o carro estiver "normal", eu vou mandar ele enfiar a caixinha no meio de... vocês sabem onde, né?

Ah! Sim. Não tô pra muitos amigos hoje.
Então, bjonaomeliga!
h'[m]

Um comentário:

Mulher Asterísco disse...

Tiaaaaaaaaaaaa

pra minha caixinha vc constribui?