terça-feira, 13 de outubro de 2009

Closed

[pra bom entendedor...]

Me fecho assim. Não pra vida.
Me fecho, assim, pro sofrimento.
Pra qualquer passo descompassado.

Me fecho assim. Por prazo indeterminado.
Não permanente. Consciente.
Me abro pros olhares, pras palavras.
Me fecho para análises, para discursos.

Mantendo acesso reservado aos pensamentos.
Confidencial, às vontades.
Secreto, aos sonhos.

Me guardo em mim.
Onde o acesso é restrito a você.

/f'[m]

4 comentários:

Mulher Asterísco disse...

Se o Wander Wildner pode ter uma camiseta escrita eu te amo, a Fê bem que ode ter uma "fechada para balanço".

Mulher Asterísco disse...

*pode

hellomotta disse...

providenciarei =]

Dani disse...

Quer que eu mande fazer?? Ah Fê... que bunitinhuuuuuuu!!!!

UAHUAHAHUAHUAHUHA

Sério, foda!